focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Cães e gatos podem ter vírus da covid-19, mas não transmitem a doença
Pesquisa é da Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Por Agência Brasil | Postado em: 17/10/2021 - 22:17

Apenas 11% dos cães e gatos que habitam casas de pessoas que tiveram covid-19 apresentam o vírus nas vias aéreas. Esses animais, entretanto, não desenvolvem a doença, segundo pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Isso significa que eles apresentam exames moleculares positivos para SARS-CoV-2, mas não têm sinais clínicos da doença.

Segundo o médico veterinário Marconi Rodrigues de Farias, professor da Escola de Ciências da Vida da PUC-PR e um dos responsáveis pelo estudo, até o momento, foram avaliados 55 animais, sendo 45 cães e dez gatos. Os animais foram divididos em dois grupos: aqueles que tiveram contato com pessoas com diagnóstico de covid-19 e os que não tiveram.

A pesquisa visa analisar se os animais que coabitam com pessoas com covid-19 têm sintomas respiratórios semelhantes aos dos tutores, se sentem dificuldade para respirar ou apresentam secreção nasal ou ocular.

Foram feitos testes PCR, isto é, testes moleculares, baseados na pesquisa do material genético do vírus (RNA) em amostras coletadas por swab (cotonete longo e estéril) da nasofaringe dos animais e também coletas de sangue, com o objetivo de ver se os cães e gatos domésticos tinham o vírus. “Eles pegam o vírus, mas este não replica nos cães e gatos. Eles não conseguem transmitir”, explicou Farias.

Segundo o pesquisador, a possibilidade de cães e gatos transmitirem a doença é muito pequena. O estudo conclui ainda que em torno de 90% dos animais, mesmo tendo contato com pessoas positivadas, não têm o vírus nas vias aéreas.

Mutação

Segundo Farias, até o momento, pode-se afirmar que animais domésticos têm baixo potencial no ciclo epidemiológico da doença.

No entanto, é importante ter em mente que o vírus pode sofrer mutação. Por enquanto, o cão e o gato doméstico não desenvolvem a doença. A continuidade do trabalho dos pesquisadores da PUC-PR vai revelar se esse vírus, em contato com os animais, pode sofrer mutação e, a partir daí, no futuro, passar a infectar também cães e gatos domésticos.

“Isso pode acontecer. Aí, o cão e o gato passariam a replicar o vírus. Pode acontecer no futuro. A gente não sabe”.

Por isso, segundo o especialista, é importante controlar a doença e vacinar em massa a população, para evitar que o cão e o gato tenham acesso a uma alta carga viral, porque isso pode favorecer a mutação.

A nova etapa da pesquisa vai avaliar se o cão e o gato têm anticorpos contra o vírus. Os dados deverão ser concluídos entre novembro e dezembro deste ano.

O trabalho conta com recursos da própria PUC-PR e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Últimas Notícias
Cotidiano 26 Nov às 22:03
A Agência Estadual de Notícias preparou um guia para explicar como vão funcionar as operações nas rodovias federais e estaduais com o fim das concessões do Anel de Integração do Paraná.
Cotidiano 25 Nov às 16:53
Parlamentares votam agora destaques ao texto
Cotidiano 25 Nov às 16:51
Usuários poderão contar com diferentes números para o atendimento de ocorrências: 191 para atendimento em rodovias federais, 198 para rodovias estaduais e 193 para atendimento de acidentes com vítimas pelo Corpo de Bombeiros.
Cotidiano 25 Nov às 16:48
Ao transitar pelas praças de pedágio desativadas, veículos não vão mais passar pelas cancelas das pistas centrais, e sim pelas suas laterais. As pistas centrais, onde ficam as cabines, terão o tráfego bloqueado em ambos os sentidos pelas Polícia Rodoviári
Cotidiano 24 Nov às 17:56
Medida afeta todas as linhas rodoviárias e metropolitanas que cruzam as praças de pedágio atualmente, e entra em vigor assim que as concessões terminarem neste final de semana.
Cotidiano 23 Nov às 21:52
Trabalhos na margem brasileira estão concentrados no tabuleiro da ponte. No lado paraguaio o mastro central está quase concluído, e o tabuleiro continua avançando.
Cotidiano 23 Nov às 21:49
Os aprovados ficarão à disposição da secretaria municipal de Assistência que irá definir em qual serviço da Proteção Social Especial haverá a necessidade de Cuidador Social, lotando o candidato classificado nos equipamentos de atendimento conforme oportun
Cotidiano 22 Nov às 15:40
Auxílio será destinado às famílias inscritas no CadÚnico
Cotidiano 22 Nov às 15:37
O vice-prefeito Dinho Maraskin, acompanhado da presidente da Câmara, Fabricia Bedendo e da servidora da secretaria de Saúde, Vanessa Biesdorf, esteve em Toledo, na última semana, para receber três automóveis zero quilômetro das mãos do Secretário de Estad
Tecnologia e desenvolvimento