focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Confiança da Indústria atinge maior nível desde agosto, mostra FGV
Por EBC | Postado em: 26/02/2019 - 11:04

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 0,8 ponto de janeiro para fevereiro deste ano e chegou a 99 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Esse é o maior nível do indicador desde agosto do ano passado.

Segundo a FGV, essa segunda alta do ano da confiança do empresário da indústria mostra que o índice se aproxima dos 100 pontos e indica que o setor começa a se afastar do fraco desempenho do segundo semestre de 2018.

A confiança subiu em 12 dos 19 segmentos industriais pesquisados. O Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário no momento presente, avançou 1,8 ponto, para 98,8 pontos. A avaliação sobre o nível atual dos estoques subiu 4,7 pontos.

Já o Índice de Expectativas (IE) recuou 0,3 ponto, para 99,2 pontos. A expectativa dos empresários em relação à evolução da situação dos negócios nos seis meses seguintes recuou 2,4 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada subiu 0,4 ponto percentual em fevereiro, para 74,7%, a primeira alta desde setembro de 2018.

Últimas Notícias
Cotidiano 19 Mar às 10:51
O Canil Municipal era uma reivindicação antiga da comunidade, que agora, com recursos próprios do Poder Executivo torna-se realidade
Cotidiano 18 Mar às 10:38
Propostas devem ser apresentadas desta segunda (18) até dia 26 de março; lances podem ser ofertados no dia 27; valores iniciais dos lotes variam de R$ 300 a R$ 1,1 mil
Cotidiano 15 Mar às 08:53
Investimentos de quase R$ 70 milhões são do próprio Tesouro Estadual e de financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e do FGTS. São famílias que não vão pagar nada, outras terão financiamento e a terceira linha é para atender os idosos
Cotidiano 13 Mar às 08:23
Prazo para a entrega das declarações termina em 30 de abril
Cotidiano 11 Mar às 08:47
Apesar de isentas de imposto, Receita exige que doações sejam informadas na declaração, pois elas levam a variações de patrimônio tanto para quem doa quanto para quem recebe
Tecnologia e desenvolvimento