focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Diagnóstico precoce pode curar 90% do câncer de mama
Segundo oncologista, muitas pacientes sequer vão buscar os resultados ou atrasam por medo
Por EBC | Postado em: 13/10/2019 - 06:56

diagnóstico precoce pode curar 90% dos casos de câncer de mama, segundo a Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC). No entanto, a Lei 7232, que prevê até 60 dias entre o diagnóstico e o início do tratamento do câncer de mama, não está sendo cumprida no país. Para explicar essa situação, Pedro Pontes conversou com a oncologista e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia (SBOC), Nise Yamaguchi.

"Existe já uma melhoria bastante importante no sistema de atendimento. Mas falta ainda uma integração entre todas as áreas: as prefeituras, o Estado e o governo federal para que isso ocorra de uma forma mais ágil. Aqui em São Paulo, por exemplo, nós estamos com alguns grupos de trabalho: O Todos Juntos Contra o Câncer junto à Secretaria de Saúde do Estado. E a ideia é melhorar ainda mais através de alguns polos de diagnóstico precoce. Existe também um esforço conjunto com a Sociedade Brasileira de Patologia para que a parte de diagnóstico ocorra com maior rapidez", pontuou.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o Brasil deve ter, em 2019, 60 mil novos casos de câncer.

Nise falou que o país ainda tem um diagnóstico tardio.

 

"Muitas pacientes não vão nem buscar os resultados, outras atrasam por medo e nem fazem as prevenções", observou.

 

Revista Brasil vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitido de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Tecnologia e desenvolvimento