focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Distribuição de calcário fomentado pelo município iniciará na próxima semana
Por Assessoria | Postado em: 18/07/2019 - 06:59

Mais Imagens

Foram assinados na última semana os contratos entre o Município e as empresas que venceram a licitação para distribuição de calcário para os agricultores que efetuaram o cadastramento após o chamamento público da Secretaria de Agricultura.

 

Anteriormente o município solicitou as análises de solo das propriedades rurais, para, na sequência, conceder o benefício àqueles que necessitam da correção de solo.

 

As empresas deverão, além de fornecer o produto, efetuar a distribuição nas lavouras conforme prevê os contratos e no mês de agosto também irá iniciar o fornecimento de cama de aviário: "Iremos fornecer o calcário e cama de aviário aos agricultores, respeitando o que foi identificado nas análises de solo e iremos contemplar mais de 500 proprietários de terras nesta primeira etapa" afirma o secretário de Agricultura João Noal.

 

Este benefício se soma aos demais programas do setor que atendem as demandas da classe rural para fomento de várias atividades, inclusive incentivando a construção e reformas de aviários, pocilgas, estrebarias, barracões, entre outros. Atualmente, o município oferece subsidio financeiro para praticamente todas as atividades agrícolas.

 

Conforme João Noal, é um dever da administração municipal oferecer incentivos para as classes produtoras: "Além de oferecer a adubação, estamos realizando um intenso trabalho de conservação de solo com mais de 30 máquinas fazendo basões em todo o município, agradecemos ao Executivo Municipal que teve essa visão e aos vereadores pelo apoio que têm oferecido na aprovação dos projetos importantes para o município," conclui o secretário.

 

Reportagem Retardatária

 

O site oficial do Tribunal de Contas do Paraná, noticiou ontem, dia 16 de julho, que o município suspendeu o processo licitatório referente a compra de calcário após a manifestação do órgão fiscalizador, quando na verdade, foram feitos apenas alguns ajustes sugeridos como o prazo para execução do serviço, que era de um dia após assinatura do contrato e passou para cinco dias. Nota-se ainda, que a notícia foi divulgada posteriormente a assinatura dos contratos, conforme mencionado acima, e assim pode-se concluir que, os trâmites seguiram normalmente, sem interrupções.

Tecnologia e desenvolvimento