focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Dois mil objetos são retidos pela Receita Federal em Centro de Distribuição dos Correios, em Londrina
Segundo os agentes, encomendas foram importadas de forma irregular e revendidas pela internet no Brasil; fiscalização foi realizada nesta quinta-feira (9)
Por G1 | Postado em: 10/05/2019 - 07:15

Mais Imagens

A Receita Federal reteve mais de 2 mil objetos durante uma operação de fiscalização na tarde desta quinta-feira (9) no Centro de Distribuição dos Correios de Londrina, na região norte do Paraná.

Segundo a Receita Federal, os objetos são encomendas que foram importadas irregularmente e eram vendidos pela internet. Agentes de fiscalização informaram que as remessas não possuem documentação comprobatória.

A operação foi realizada em parceria entre as divisões de repressão ao contrabando de Londrina e Foz do Iguaçu, cidade que fica no oeste do Paraná. Segundo a Receita, a fiscalização deve continuar nesta sexta-feira (9).

A maior parte dos produtos foram enviados do Paraguai, conforme a Receita. Os agentes acreditam que as encomendas são de empresários que possuem sites e revendem objetos como eletrônicos e cosméticos.

A Receita Federal disse que os remetentes dos objetos apreendidos vão ter que apresentar documentos que comprovem a regularidade das mercadoria enviadas.

Caso não o façam, os responsáveis podem responder criminalmente pela importação irregular, além de perder os produtos.

Nesta quinta-feira, os objetos retidos foram encaminhados para a Delegacia da Receita Federal de Londrina.

Últimas Notícias
Cotidiano 19 Mai às 09:23
Campanha nacional de conscientização é realizada no mês de maio
Cotidiano 18 Mai às 06:22
Estarão disponíveis a partir desta segunda-feira (20) na prefeitura de Santa Helena, os carnês do IPTU - Imposto Predial e Territorial Urbano do exercício 2019 e os contribuintes que pagarem à vista até o dia 31 de junho, terão desconto de 20% sobre o val
Cotidiano 17 Mai às 07:26
Cartão do Caminhoneiro entra em vigor no dia 20 de maio
Tecnologia e desenvolvimento