focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Meninas que desapareceram depois de deixar carta dizendo que iriam para 'desafio' são encontradas
Garotas estavam nos arredores da Catedral de Maringá; elas foram encontradas por um voluntário da Defesa Civil Municipal na noite de quarta-feira (2
Por G1 | Postado em: 03/01/2019 - 07:54

As três meninas que desapareceram depois de deixar uma carta dizendo que cumpririam um "desafio" em Maringá, no norte do Paraná, foram encontradas por um voluntário da Defesa Civil Municipal na noite de quarta-feira (2), por volta das 20h.

Elas estavam nos arredores da Catedral de Maringá. De acordo com a Defesa Civil, as garotas – que têm entre 11 e 12 anos – estão bem. A informação inicial é de que as meninas estavam sozinhas.

A Polícia Civil investiga o que aconteceu com elas.

 

O desaparecimento

 

Evelyn, de 11 anos, foi dormir na casa de Luana, de 12 anos, e Yasmin, de 11 anos, e as três desapareceram na manhã de quarta.

Segundo os pais das meninas, elas deixaram uma carta dizendo que ficariam fora de casa por uma semana para cumprir um desafio.

A mãe de duas delas saiu para comprar comida e, quando voltou, não encontrou mais as crianças.

As câmeras de segurança do condomínio onde elas estavam mostram as garotas saindo do local. As três portavam mochilas.

Cleonice Marques, mãe de Luana e Evelyn, havia contado que as meninas ficaram até a madrugada anterior mexendo no celular, o que fez com que ela chamasse a atenção das garotas.

Últimas Notícias
Policial 20 Jan às 08:15
Vítima foi encontrada morta no banheiro da casa onde morava, no sábado (12); prisão do suspeito é válida por 30 dias
Policial 18 Jan às 06:55
Criança, de 1 ano e 11 meses, foi socorrida, mas morreu cinco dias após acidente. Professora deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar
Policial 14 Jan às 07:11
Caso foi registrado no fim da tarde de sábado (12); vítima tinha sinais de agressão na cabeça e no rosto
Policial 14 Jan às 06:54
Corpo estava em uma casa na área rural; polícia suspeita de suicídio; Antônio César de Andrade era considerado foragido
Tecnologia e desenvolvimento