focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Política
Moro deixa de ser juiz na segunda-feira para integrar transição de Bolsonaro
Por Bem Paraná | Postado em: 17/11/2018 - 09:15

Após pedir exoneração na manhã desta sexta-feira (16) de seu cargo na 13ª Vara Federal de Curitiba, o juiz federal Sergio Moro, futuro ministro da Justiça deve assumir uma vaga formal na equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro (PSL). Os integrantes da equipe, que se reúne no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, recebem salários de até R$ 16 mil mensais. Como magistrado, com salário e benefícios, Moro tem um contracheque de R$ 43 mil brutos em outubro, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A exoneração de Moro foi aceita na tarde desta sexta-feira (16) pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores. Segundo o Tribunal, o ato de exoneração de Moro terá vigência a partir de segunda-feira (19). 

 

Tecnologia e desenvolvimento