focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Oficina "Bonecas de Pano" auxilia na recuperação de adolescentes em conflito com a Lei em Santa Helena
Por Assessoria | Postado em: 13/05/2020 - 18:07

Mais Imagens

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS implantou a oficina artesanal "Boneca de Pano" que consiste na confecção de bonecas utilizando linha, tecido e muita criatividade, tendo como foco a reinserção social dos adolescentes que cometeram ato infracional. As bonecas são destinadas a crianças internadas em leitos hospitalares, crianças que vivenciaram situação de violência ou encontram-se em situação de  ameaça, vulnerabilidade e/ou risco social. No ano de 2019 foram confeccionadas cerca de 60 unidades. 


A prática é utilizada como cumprimento de medida socioeducativa, na modalidade de prestação de serviços a comunidade, conforme contemplado no Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA e regulamentado pela Lei nº12.594/2012 que instituiu o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – SINASE.   Este método veio em substituição às antigas práticas que não apresentavam efetividade e eficácia na reinserção social deste público. 


A análise técnica desta iniciativa tem sido positiva, tendo em vista que não houve reincidência em ato infracional entre os participantes da oficina. O trabalho é desenvolvido pela equipe do CREAS, sob a  coordenação da Assistente Social Helena Filipiak. Para ela, as conquistas alcançadas por meio da oficina são motivos de comemoração, pois visualiza-se a recuperação dos adolescentes: "Tanto nós quanto a família presenciamos avanço considerável após a instalação da oficina "Boneca de Pano", pois alia reflexão, concentração, dedicação, fortalece vínculos afetivos e ainda proporciona a recuperação de registros emocionais benéficos da infância que, muitas vezes, foram perdidos e agora podem ser, de certa forma, resgatados", assegura a profissional.
Parcerias


As secretarias de Assistência Social e Desenvolvimento Econômico têm ofertado novas possibilidades a esses adolescentes, inserindo-os em cursos profissionalizantes, tendo como objetivo a capacitação e/ao ingresso no mercado de trabalho. Recentemente, alguns adolescentes participaram do curso de Solda Mig e também Garçom e já contam com experiências que somam na busca pelo primeiro emprego. Aliado a isso, eles também são inseridos em serviços do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS  que atua na preparação dos adolescentes para o cotidiano pós cumprimento de medida socioeducativa. 


CREAS.  


A atribuição do CREAS é atender a famílias, adolescentes e crianças quem tenham quaisquer de seus direitos violados. Entre os casos, estão pessoas em situação de violência sexual, física, psicológica, negligência, ameaças, abusos entre outros, além de oferecer suporte ao adolescente em cumprimento de medidas em meio aberto (Prestação de Serviço à Comunidade e Liberdade Assistida). 

Tecnologia e desenvolvimento