focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Operação Caixa-Forte prende traficantes que atuavam em 4 estados
Por EBC | Postado em: 09/08/2019 - 09:40

Mais Imagens

Uma força-tarefa formada pelas polícias Federal, Rodoviária Federal e Civil de Minas Gerais deflagrou hoje (9) a Operação Caixa-Forte. É para combater crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, praticados em âmbito nacional.

A ação conta com a participação de 250 agentes públicos para cumprir 52 mandados de prisão preventiva, 48 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de sequestro de valores/bloqueio de contas bancárias em 18 cidades e unidades prisionais de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Até o início da manhã, seis pessoas já tinham sido detidas. Expedidos pela Vara de Tóxicos de Belo Horizonte, os mandados foram cumpridos nos municípios mineiros de Uberaba e Conceição da Alagoas; em Campo Grande e Corumbá, em Mato Grosso do Sul; nos municípios paulistas de São Paulo, Ribeirão Preto, Itaquaquecetuba e Embu das Artes; e nas cidades paranaenses de Curitiba, Londrina, São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré, Colombo, Fazenda Rio Grande, Goioerê, Mandirituba, Matinhos, Paranaguá, Pinhais e Piraquara.

Segundo nota divulgada pela Polícia Federal, os presos são investigados pelos crimes de tráfico de drogas, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro. As penas podem chegar a 33 anos de prisão.

Estrutura

Iniciadas em novembro de 2018, as investigações identificaram a existência de uma seção “rigidamente estruturada” dentro de uma facção chamada Geral do Progresso. Segundo a PF, o setor era responsável por gerenciar o tráfico de drogas, “distribuindo os entorpecentes que garantem o sustento da organização criminosa, bem como por orquestrar a lavagem de dinheiro dos valores oriundos dos crimes praticados”.

Ainda segundo os investigadores, “pessoas aparentemente estranhas ao grupo criminoso” tinham suas contas bancárias cooptadas com o objetivo de “ocultar e dissimular a natureza ilícita do montante movimentado”.

Nas contas, pequenas quantias eram depositadas de forma a evitar chamar a atenção de autoridades de controle de atividades financeiras (Coaf). Posteriormente, o dinheiro era transferido a outras contas ou mesmo sacado em terminais eletrônicos.

Quarenta e cinco contas bancárias já foram identificadas e bloqueadas pela Justiça, responsáveis por uma movimentação superior a R$ 7 milhões.

Últimas Notícias
Policial 16 Ago às 09:17
Ministério Público informou que em dez processos, 29 pessoas foram denunciadas em operação que investiga o caso. Seis médicos foram afastados do SUS pela Justiça
Policial 15 Ago às 07:06
Ex-governador do Paraná é acusado de participar de crimes de fraude à licitação, corrupção passiva e operações de lavagem de dinheiro
Policial 13 Ago às 06:51
Local foi encontrado na noite desta segunda-feira (12) a partir de denúncias anônimas
Policial 02 Ago às 07:30
Prisão aconteceu em uma chácara em Santa Terezinha de Itaipu nesta quinta-feira (1º) após uma denúncia anônima. Policiais usavam o carro da corporação para transportar a mercadoria
Policial 02 Ago às 07:14
Com a decisão, quatro suspeitos ficam presos por tempo indeterminado
Policial 29 Jul às 14:08
Detido em flagrante, ele teria oferecido apoio logístico ao grupo
Policial 29 Jul às 13:56
Segundo a Susipe, 16 presos foram decapitados. Uma briga entre organizações criminosas provocou a rebelião. Dois agentes prisionais foram feitos reféns
Policial 26 Jul às 10:12
Prisão ocorreu em Cascavel, nesta quinta-feira (25); conforme a polícia, o investigado não só despachava o arsenal como também cuidava do transporte desde a fronteira até o Rio de Janeiro
Policial 26 Jul às 09:41
Presidente do Senado também foi vítima de hackers
Tecnologia e desenvolvimento