focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Padrasto abusava de enteada de 11 anos enquanto mãe ia à igreja
Por Massa News | Postado em: 30/11/2018 - 09:13

Um homem acusado de abusar da própria enteada, de 11 anos, foi preso na quarta-feira (28) em Itaipulândia, no Oeste do estado. Em depoimento na manhã desta quinta-feira (29), o suspeito confessou ter estuprado a garota enquanto a mãe dela estava na igreja. 

O homem contou à polícia que o crime foi cometido na noite de terça-feira (27). Ao chegar em casa do trabalho, o homem tomou banho e se deitou. A enteada teria deitado junto ao padrasto, que em seguida cometeu o ato sexual. Eles foram flagrados pelo irmão mais velho da garota, de 16 anos. O homem ainda relata que, no dia seguinte, teve outro momento íntimo com a menina. No depoimento, ele se diz arrependido. 

O delegado da Polícia Civil, Francisco Sampaio, chama atenção para a naturalidade com que o acusado comenta o crime. "É intrigante como, para ele, parece uma coisa comum. Embora se diga arrependido, a forma como descreve o ato, dá impressão de que é uma coisa comum, coisa que não é". 

A pena para quem comete esse tipo de crime, considerado hediondo, varia de oito a 15 anos de reclusão, e qualquer possibilidade de progressão se dá apenas após dois quintos da pena cumprida. O delegado ainda chama atenção para a quantidade de estupros cometidos na região neste ano. "São 56 casos e agora estamos diante da vigésima quarta prisão. Quero ver onde isso vai parar". Ele ainda faz um alerta aos pais. "Não vale relacionamento a qualquer custo. Você pode estar colocando em risco a integridade fisica e emocional dos filhos". 

De acordo com o delegado, é evidente que a cada novo caso noticiado, outras denúncias contra crimes sexuais são registradas e apuradas, e destacou que as denúncias sejam feitas pelo Disk Denúncia, pelo telefone 197; pelo 190 da Polícia Militar; pelo WhatsApp 045 99845-1187; ou até mesmo pelo Disk 100. O anonimato de quem faz a denúncia e das vítimas é sempre preservado. 

Colaboração Bruno Previdi

Tecnologia e desenvolvimento