focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Polícia encontra corpo em armário de apartamento no Centro de Curitiba, diz delegado
Vítima encontrada no 10º andar de um prédio no fim da tarde desta quarta-feira (3) estava com pernas e braços amarrados, segundo a polícia
Por G1 | Postado em: 04/10/2018 - 07:00

Um corpo de um homem foi encontrado dentro de um armário de um apartamento no Centro de Curitiba no fim da tarde desta quarta-feira (3), de acordo com o delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Luiz Alberto Cartaxo.

A vítima, de 57 anos, estava com os pés e os braços amarrados. O corpo, segundo ele, estava envolto em um cobertor e foi colocado no armário após a morte. O apartamento fica no 10º andar de um prédio da Rua Emiliano Perneta.

"A causa da morte estamos avaliando como possivel lesão crânio-encefálica com grande possibilidade de ser complementada com asfixia mecânica", afirma o delegado.

Cartaxo explica que a vítima utilizava o local onde morava para cortes de cabelo e maquiagem. "Segundo informações de amigos, [ele] estaria em fase depressiva e trazia pessoas de qualquer natureza para casa", diz.

A polícia informou que três pessoas foram vistas no apartamento - dois homens e uma mulher - nos últimos dias. Há informação também de duas pessoas saindo com uma sacola do local nesta quarta.

Alguns objetos foram levados do local, mas, por enquanto, o delegado afirma que não está convencido de que se trata de um latrocínio - roubo seguido de morte.

"Há todo um desalinho que foi encontrado no apartamento que demonstra que houve luta corporal. A investigação ainda exige um trabalho intenso da polícia", indica.

Para o delegado, pela forma como o corpo foi encontrado há indícios de participação de mais de uma pessoa no crime. "Houve um desacerto de alguma natureza", diz.

Segundo ele, a vítima morava sozinha. Informações da Polícia Militar (PM) dão conta de que o porteiro ouviu gritos no 10º andar e chamou a polícia, que abriu o apartamento com a ajuda de um chaveiro.

Ninguém foi preso até a última última atualização desta reportagem.

Últimas Notícias
Policial 06 Out às 12:14
Crime foi horas depois que o pai, suspeito do crime, deixou a prisão para responder em liberdade por estupro da cunhada. Letícia contou à família que também foi abusada em São Roque
Policial 05 Out às 06:59
Caso já foi registrado na Polícia Civil. Abusos aconteciam desde quando a criança tinha 6 anos, disse o Conselho Tutelar
Policial 04 Out às 07:23
Tia de Letícia Tanzi de 13 anos afirmou que jovem já tinha sofrido tentativa de estrangulamento pelo pai; ciúmes excessivo era visto com desconfiança por familiares.
Policial 02 Out às 22:18
Pai sentiu falta do menino e o encontrou com a cabeça para fora do carro
Policial 02 Out às 22:12
Criminosos utilizaram o veículo da vítima para assaltar um posto de combustível
Tecnologia e desenvolvimento