focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Por determinação do Ministério da Saúde, Município suspende vacinação eletiva em crianças
Por Assessoria | Postado em: 24/03/2020 - 06:31

A secretaria de Saúde de Santa Helena, atendendo orientação da União e do Estado, suspendeu a partir de hoje (23) a vacinação eletiva em crianças, ou seja quando não se trata de caso de urgência ou emergência. A medida visa, mais uma vez, proteger a população contra o Coronavírus e ainda priorizar a vacinação contra Gripe destinada idosos e profissionais de saúde.

Exceção

Poderão receber a vacina apenas as crianças que não foram imunizadas contra o Sarampo e a Febre Amarela, patologias pelas quais o Município é considerado vulnerável.


A informação é da responsável pela Vigilância Epidemiológica, Rosângela Disarz que pede a compreensão dos pais para levar os filhos somente após o dia 16 de abril: “Esse prazo de suspensão foi determinado pelo Ministério da Saúde e fomos comunicados pela 20ª Regional de Toledo sobre esta decisão. Imediatamente as equipes foram orientadas a vacinar somente contra o Sarampo e Febre Amarela, justamente para evitar a aglomeração de pessoas nas Unidades Básicas de Saúde,” explica.

Últimas Notícias
Saúde 27 Set às 06:45
Afirmação é do chefe do Programa de Emergências da OMS, Mike Ryan
Saúde 27 Set às 06:42
Dados são da Fundação Oswaldo Cruz
Saúde 25 Set às 21:19
Do total de infectados, 86,2% se recuperaram da doença
Saúde 25 Set às 21:13
Devem ser imunizadas todas as pessoas na faixa etária entre 20 e 49 anos. Além desse grupo, quem não têm registro na carteira de vacinação ou não lembra se já foi vacinado deve receber a dose.
Saúde 24 Set às 09:48
Fica atrás apenas de Minas Gerais, está bem abaixo da média nacional e tem a melhor posição no Sul. O planejamento e a estruturação organizada da rede assistencial são os principais fatores que explicam o desempenho.
Saúde 24 Set às 09:44
Diagnósticos positivos da doença aumentaram 10% na última semana
Saúde 24 Set às 09:25
Uso de nova substância pode reduzir em até 40% o risco de reinfarto
Saúde 21 Set às 07:25
Taxa de recuperação é de 85%; óbitos chegam a 136.895 desde março
Tecnologia e desenvolvimento