focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Saúde quer busca ativa de público alvo da vacina contra a gripe
Por AEN | Postado em: 05/05/2019 - 07:59

Mais Imagens

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, junto com os municípios paranaenses, realizou neste sábado (4) o Dia D da vacinação contra a gripe. O secretário da Saúde, Beto Preto, fez a abertura das atividades em todo o Estado com uma ação na sede da 16ª Regional de Saúde, em Apucarana.

Ele vacinou crianças e idosos e fez um apelo a todos os prefeitos e secretários municipais de saúde do Estado para promoverem uma busca ativa do público alvo até o dia 31 de maio, quando termina a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe.

A Secretaria da Saúde tem expectativa de que todas as equipes das Unidades Básicas de Saúde busquem crianças, idosos, gestantes e puérperas, além de outras faixas do público alvo desta campanha de prevenção da gripe.

“Não podemos deixar ninguém de fora, o inverno está chegando e prevenir é um ato de amor”, afirmou Beto Preto, alertando que em algumas circunstâncias os vírus circulantes podem ocasionar quadros graves em pessoas não imunizadas.     

PRIORITÁRIOS - A meta da Secretaria da Saúde, com apoio dos municípios, é garantir a imunização dos grupos prioritários – crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, puérperas, indígenas, professores, idosos, a população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. 

A Secretaria fez a distribuição das doses e os municípios usaram diferentes estratégias para atingir o público alvo. Até agora o Paraná vacinou 1.276.832 pessoas, representando 38,09% do público-alvo. A expectativa é que o Dia D tenha aumentado bastante este percentual. Os municípios enviarão os dados para a Secretaria e o balanço do Estado deve ser divulgado nos próximos dias. 

Entre os grupos prioritários, registram maior procura pela imunização os idosos, com 68,44% do público já vacinado; os indígenas, com 66,9%, e as puérperas, com 65%.

“A vacina é segura e promove a imunização contra os vírus mais comuns em circulação no momento. Ela não desencadeia a gripe e é uma das formas mais eficazes para evitar casos graves e mortes provocadas pela doença”, enfatizou o secretário.

PRESENÇAS - Participaram do ato em Apucarana os prefeitos de Apucarana, Junior da Femac; Arapongas, Sérgio Onofre; Cambira, Emerson Toledo; Califórnia, Paulo Wilson Mendes; kaloré, Washington Luiz da Silva; Rio Bom, Ene Gonçalves; Bom Sucesso, Raimundo Almeida Junior; e de Borrazópolis, Adilson Luchetti. Também participaram o chefe da 16ª RS, Altimar Carletto, e a diretora geral do Hospital da Providência, Irmã Geovana Ramos.

Últimas Notícias
Saúde 15 Ago às 07:02
Estado chegou a 95 mortes em decorrência da doença desde janeiro de 2019, conforme boletim divulgado nesta quarta-feira (14); em uma semana, casos confirmados subiram de 499 para 510
Saúde 01 Ago às 07:21
Mortes confirmadas nesta quarta-feira (31) foram em Guarapuava, Londrina e Capitão Leônidas Marques; em uma semana, os casos confirmados da doença subiram de 448 para 488
Saúde 31 Jul às 07:35
De 29 de julho de 2018 até 30 de julho deste ano, 23 pessoas morreram por dengue; além disso, foram 29 casos confirmados de chikungunya e cinco de zika vírus, segundo a secretaria
Tecnologia e desenvolvimento