focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Servidor do TCE se torna réu em processo da Operação Quadro Negro
Pablo Granemann vai responder por participação em organização criminosa e repasse de propina ao ex-governador Beto Richa; nesta terça-feira (2), a Justiça determinou que ele use tornozeleira eletrônica
Por G1 | Postado em: 03/04/2019 - 09:28

O servidor do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) Pablo Granemann, preso temporariamente na 5ª fase da Operação Quadro Negro, virou réu por participação em organização criminosa e repasse de propina ao ex-governador Beto Richa (PSDB), preso desde 19 de março.

A denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR) aceita pelo juiz Fernando Fischer, da 9ª Vara Criminal de Curitiba, tem como base a delação premiada do ex-diretor da Secretaria de Educação Maurício Fanini.

A operação apura desvios de mais de R$ 20 milhões em obras de escolas públicas do estado, entre 2012 e 2015. O MP-PR aponta Richa como chefe da organização criminosa e principal beneficiário das propinas.

Em depoimento prestado na segunda-feira (1º), Fanini disse que em março de 2013 entregou R$ 500 mil em dinheiro vivo a Granemann e que o destinatário dos valores era Luiz Abi Antoun, primo do ex-governador.

A pedido dos promotores, o ex-diretor reconheceu o servidor do TCE-PR em um vídeo.

"Sim, eu encontrei ele, doutor, como me foi apresentado pelo Luiz Abi, que eu entregaria a ele, depois quando ele foi à minha casa e depois na outra ocasião do Palácio Iguaçu, num evento que eu encontrei ele lá", afirmou o delator.

Granemann já teve outras ligações com o poder público. Ele trabalhou na Secretaria de Governo da Prefeitura de Curitiba, na gestão de Beto Richa. Em depoimento, Granemann confirmou que foi motorista de Luiz Abi Antoun e que o levou várias vezes ao Palácio Iguaçu.

"Ele chegava nas reuniões, eu nunca subia junto. [As reuniões eram] as vezes no próprio hotel, as vezes ele vinha até o Palácio. Uma ou duas vezes, não me recordo quantas vezes e tal, fomos na casa do Beto", disse.

O servidor do TCE-PR afirmou conhecer o delator Maurício Fanini, mas negou ter se encontrado com ele para pegar dinheiro. "Nunca fui. Ele sabe disso, ele sabe disso. Isso eu nunca fui. Nunca tive pessoalmente junto com ele. Eu encontrei ele uma ou duas vezes, ali no Palácio", contou.

Nesta terça-feira (2), o juiz Fernando Fischer negou o pedido de prisão preventiva de Granemann. Como venceu a prisão temporária, ele será monitorado por tornozeleira eletrônica.

Cinco processos relacionados a Quadro Negro estão em andamento na Justiça do Paraná. O primeiro deles, em fase final, aguarda a sentença do magistrado. O MP-PR tem outros 20 inquéritos abertos sobre o caso.

 

O que dizem as defesas

 

A defesa de Pablo Granemann disse que só vai se manifestar depois que analisar a denúncia.

Em nota, a defesa de Maurício Fanini informou que ele vai continuar colaborando com a Justiça.

A reportagem não teve retorno da defesa de Beto Richa.

Últimas Notícias
Policial 18 Jun às 07:02
Os dois já prestaram depoimento e estão detidos por outros crimes. Anderson foi assassinado com pelo menos 15 tiros na madrugada de domingo (16)
Policial 18 Jun às 06:52
Advogado confirmou que homem morreu no Complexo Médico-Penal, em Pinhais; crimes pelos quais foi preso preventivamente aconteceram em abril
Policial 18 Jun às 06:46
De acordo com a polícia, os dois foram à delegacia prestar depoimento e acabaram presos em flagrante por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar
Policial 13 Jun às 09:30
MPF divulgou nota afirmando que 'diálogos inteiros podem ter sido forjados' depois de um invasor se passar por integrante do Conselho Nacional do Ministério Público
Policial 08 Jun às 09:51
Hachmann é apontado como líder uma organização criminosa que, entre outros fraudava licitações para favorecer empresas do parlamentar registradas em nome de terceiros em Marechal Cândido Rondon
Policial 03 Jun às 09:42
De acordo com a polícia, carga vinha do Paraguai. Motorista abandonou o carregamento e fugiu
Policial 31 Mai às 10:06
Operação foi deflagrada nesta sexta-feira (31); há 12 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão
Policial 28 Mai às 09:30
Ação foi deflagrada nesta terça-feira (28). Quatorze pessoas foram presas no início desta manhã
Policial 28 Mai às 09:27
Na sexta-feira (24), a Justiça tinha determinado a execução provisória da pena imposta ao ex-deputado imediatamente
Policial 24 Mai às 07:44
Segundo os policiais, Tiago Pereira Maciel apresentou um documento com nome falso; Vendelino Royer foi morto a tiros em julho de 2008
Tecnologia e desenvolvimento