focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
'Todo mundo me pede bilhete', diz menino que viralizou na web após tentar 'fugir' da aula
G1 acompanhou a rotina do pequeno Gabriel Lucca, que virou meme e ficou famoso na internet após escrever um 'bilete' para tentar faltar à aula.
Por G1 | Postado em: 11/09/2018 - 21:36

Mais Imagens

G1 acompanhou a rotina em Bocaina (SP) do menino Gabriel Lucca, que completou 6 anos na última terça-feira (4), após ele ficar famoso na web com o "bilete" que escreveu em nome da professora na tentativa de não ir à aula para ficar em casa vendo TV.

No bilhete endereçado aos “senhores pais”, ele dizia que não haveria aula porque poderia ser feriado e assina no nome da Tia Paulinha, a professora Paula Renata Robardelli. No final, a mensagem que viralizou na web: “É verdade esse ‘bilete’ (sic)”.

Gabriel conta que depois da repercussão nas redes sociais ficou conhecido como "menino do bilhete".

 

“Eu cheguei na escola e todo mundo começou a me pedir bilhete. E com isso eu passei a terminar todas as frases com ‘é verdade esse bilhete’”, conta o menino ao risos.

 

Foi justamente essa frase que mais repercutiu nas redes sociais. Várias versões e memes do bilhete surgiram na internet com bichos e até personagem da novela das 9 da Rede Globo.

No entanto, a mãe do menino e também a professora ressaltam que ele adora a escola e que tudo na verdade foi uma brincadeira de criança.

“Não sei o que deu nele aquele dia que ele queria ficar em casa, quem nunca quis ficar em casa vendo desenho quando criança”, lembra Geovana Santos.

“Eu queria ficar só um dia em casa vendo desenho, mas não deu muito certo e eu fui para escola”, completa Gabriel.

Na sala de aula dá para perceber o quanto o Gabriel gosta da escola. Ele não para um minuto e quer responder todas as perguntas feitas pela tia Paulinha.

 

“O Gabriel é um menino muito esperto, inteligente, ele gosta de ajudar os amigos quando termina de fazer as tarefas. E gosta muito de ler e escrever”, conta.

Lição na escola e em casa

 

Foi a professora que resolveu compartilhar o famoso ‘bilete’ nas redes sociais. “Foi uma felicidade de professora ao ver um aluno leitor e escritor. Ele soube escrever e interpretar aquele texto como um formato de bilhete diante das formas textuais que a gente vê na sala de aula.”

O bilhete inclusive virou lição. “Eu trouxe para gente trabalhar em sala de aula, inclusive a parte errada do bilhete”, diz se referindo a frase final que traz a palavra "bilete", sem o H.

Em casa também teve aprendizado. A mãe de Gabriel conta que apesar de ter sido claramente uma brincadeira do filho, a mentira foi repreendida e que, em nenhum momento, incentiva este tipo de comportamento. Ela chegou a postar um desabafo nas redes sociais após receber críticas.

"Todas as pessoas ao meu redor conhecem o meu estilo de educação com o Gabriel. Sou muito rígida, pego muito no pé, sou a famosa 'mãe chata'. Eu sei que é errado uma criança mentir e tentar se passar por outra pessoa, e acreditem, ele foi repreendido por isso", ressalta.

Ela acredita também que a maioria das pessoas compreenderam a brincadeira inocente do filho e por isso a repercussão tem sido tão positiva que inclusive chamou a atenção do time do coração do Gabriel, o São Paulo.

Depois de ser convidado para conhecer o Morumbi e assistir a um jogo do time de camarote, o menino recebeu um bilhete para lá de especial de um dos jogadores preferidos, o atacante Nenê.

Além dessa oportunidade de aprendizado, o menino também curte a felicidade de toda a repercussão do bilhetinho.

 

“Ele não se aguenta de felicidade, estamos acompanhando toda essa repercussão que nunca imaginamos que aconteceria. Sempre postei as gracinhas deles, mas nada tinha tido uma repercussão assim", finaliza Geovana.
Tecnologia e desenvolvimento