focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Três homens são presos por planejar retaliação à prisão de suspeito de triplo homicídio, diz PM
Trio foi preso nesta terça-feira (30), após denúncias; suspeito de matar três pessoas em uma casa noturna de Foz do Iguaçu está hospitalizado, com segurança reforçada
Por G1 | Postado em: 01/05/2019 - 08:14

Três homens foram presos nesta terça-feira (30), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeitos de planejar uma retaliação à prisão de um homem suspeito de matar três pessoas em uma casa noturna da cidade, segundo a Polícia Militar (PM).

Os três suspeitos foram presos com armas e drogas, após denúncias feitas à PM. Conforme a polícia, o trio faz parte de uma organização criminosa.

"A gente recebeu informação de que a organização criminosa da qual o indivíduo fazia parte estava se preparando para uma retaliação, haja visto a ação policial com a prisão do mesmo", disse o soldado da PM César Crivelari.

Os policiais informaram que buscaram identificar qual ação estava sendo planejada pelo grupo. O homem preso suspeito pelo triplo homicídio está internado em um hospital de Foz do Iguaçu, sob segurança da polícia.

"Não temos informações sobre qual seria a próxima ação dos mesmos. Poderia ser resgatar no hospital ou qualquer outro tipo de retaliação", afirmou o soldado.

A PM informou que por conta da tentativa de retaliação, a segurança foi reforçada no hospital em que o suspeito está mantido. A Polícia Civil disse que aguarda que o homem tenha alta hospitalar para dar início às investigações sobre o caso.

O crime
Na madrugada de segunda-feira (29), três pessoas morreram e um policial militar ficou ferido depois de um tiroteio na casa noturna, segundo a Polícia Militar (PM). O suspeito, de acordo com a polícia, começou uma confusão e foi barrado na porta do estabelecimento.

Ele voltou, armado, ao local, e baleou três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, ainda de acordo com a PM. As três pessoas, que eram funcionários do local, morreram.

Uma testemunha que estava no local disse que o suspeito se desentendeu com funcionários da casa noturna antes do crime. "Na portaria, ele teve uma divergência com o pessoal da bilheteria porque ele queria entrar, ele queria ver como estava o bailão sem pagar", afirmou.
Conforme a testemunha, o homem saiu do estabelecimento e voltou tempos depois, quando cometeu o crime.

"Ele se levantou falando 'vocês acham que vocês têm peito de aço?'. Então, naquele momento, as pessoas já imaginaram que ele iria voltar. Não deu quarenta minutos depois ele voltou", disse.

Últimas Notícias
Policial 26 Jan às 07:14
Investigado em várias operações, ele estava detido desde março de 2019
Policial 24 Dez às 07:06
Equipamentos cobrem 5 mil quilômetros de estradas em todo o país
Policial 18 Dez às 14:37
Os contratos foram feitos entre a Petrobras e empresas de afretamentos
Policial 28 Nov às 06:42
Pena foi agravada por Lula ter praticado crimes enquanto presidente
Policial 09 Set às 06:39
A droga estava escondida em um caminhão-tanque
Tecnologia e desenvolvimento